Veredas do Peruaçu

02 A 08 DE ABRIL

O Parque Nacional Cavernas do Peruaçu é um local onde belas paisagens são emolduradas pela arte rupestre pré-histórica, em sítios arqueológicos milenares de importância internacional e suas cavernas de grandeza colossal.

A Unidade de Conservação foi criada em 1999, e possui área de 56.400 hectares, que compreende os municípios de Januária, Itacarambi e São João das Missões, na região norte de Minas Gerais.

 

PROGRAMAÇÃO

02 / ABRIL – (sexta-feira)

Voo com destino a Montes Claros e transfer para Januária. Pernoite.

 

03 / ABRIL – (sábado)

Café da manhã.

Saída para o PARNA CAVERNAS DO PERUAÇU

Caminhos da Lapa do Carlúcio e Caboclo

Caminho da Lapa Bonita e Lapa do Boquete

- Atrativos: história regional, paredões com pinturas rupestres e gruta.

- Jantar e Pernoite

 

04 / ABRIL – (domingo)

Café da manhã. Saída para o PARNA CAVERNAS DO PERUAÇU

Caminho do Arco do André

Caminho da Lapa dos Desenhos

- Atrativos: paredões com pinturas rupestres, mata de galeria e mata seca.

- Jantar e Pernoite

 

05 / ABRIL – (segunda-feira)

Café da manhã. MERGULHO NO FASCÍNIO DO VELHO CHICO

O Velho Chico transcreve, de forma singela e grandiosa, a paisagem local. O rio é o sustento de diversas famílias que sobrevivem com o pescado.

O rio São Francisco caminha para o mar, irriga a terra árida e realiza um verdadeiro milagre de São Francisco: dá vida ao sertão.

Alguns olhos-d’água escondidos pela vegetação baixa e ressecada do Chapadão da Zagaia, Serra da Canastra, Minas Gerais, geram um dos maiores rios do Brasil, cerca de 640 mil quilômetros quadrados, que ocupa 8% do território brasileiro, o rio da unidade nacional, o Velho Chico. Mais que um rio, o Velho Chico é um fato cultural, como o Velho Nilo, seu irmão africano – a medida é outra, mas o sentido é o mesmo.

- Jantar e Pernoite

 

06 / ABRIL – ( terça-feira)

Café da manhã. Saída para o PARNA CAVERNAS DO PERUAÇU

Caminho da Gruta do Janelão

A Gruta do Janelão é o principal atrativo do Parque. A grandiosidade da caverna é expressa em suas enormes dolinas, na imensidão de seus salões e em seus gigantescos espeleotemas.

O paredão rochoso, logo na entrada, é um grande ateliê a céu aberto que conta a história da presença humana no Vale do Peruaçu.

É na gruta do Janelão que está localizada a maior estalactite do mundo, a Perna da Bailarina.

Caminho da Lapa do Rezar

A Lapa do Rezar reúne toda a grandiosidade do cânion do rio Peruaçu à riqueza da arte rupestre pré-histórica. Abriga um sítio rupestre com pinturas e gravuras bem conservadas. Destacam-se também as dimensões do seu salão de entrada, que alcança 90 metros de largura e mais de 40 metros de altura, além da variedade e exuberância dos espeleotemas.

- Atrativos: história regional, mata seca, mata de galeria, sítio arqueológico, paredões com pinturas rupestres, caverna escura e espeleotemas.

- Jantar e Pernoite

 

07 / ABRIL – (quarta-feira)

TECENDO HISTÓRIA XAKRIABÁ.

Visitaremos a reserva indígena dos XaKriabá, comunidade indígena que, segundo alguns mais

 

08 / ABRIL – (quinta-feira)

JANUÁRIA / MONTES CLAROS / ORIGEM

Café da manhã e transfer para Montes Claros.

 

PREÇO POR PESSOA : R$ 3.150,00

4x no cheque

6x no cartão VISA/MASTER

 

Inclui:

  • Transfer (in-out)
  • Hospedagem
  • Refeições citadas
  • Lanche de trilha
  • Passeios com acompanhamento de guias
  • Seguro-viagem

Não Inclui:

  • Passagens aéreas
  • Refeições não citadas
  • Bebidas
  • Despesas pessoais

 


FAÇA UM ORÇAMENTO!